Cusco: City tour e Vale Sagrado dos Incas.

Plaza de Armas em Cusco

Para finalizar nossa estadia pelo Peru (infelizmente), a última cidade foi Cusco, conhecida como cidade base para quem quer conhecer Machu Picchu. Localizada 3.399  metros acima do nível do mar, Cusco guarda construções preservadas e cheias de histórias, com suas pequenas e estreitas ruas, a melhor forma de não se perder é adotar a Plaza de Armas como referencial.
Tire uma parte de um dia para simplesmente percorrer pela cidade, caminhar até o Bairro San Blas, conhecer a  Calle Hatum Rumiyoc onde encontra-se a famosa pedra de 12 ângulos em um dos muitos muros Incas preservados em Cusco, que impressionam pelo encaixe perfeito das pedras e por ter aguentando os vários terremotos ocorridos na região, e também olhar as inúmeras lojas de artesanatos que tem nessa mesma Calle.

Rua das Pedra de 12 ângulos.

Ah se você estiver em economia de “guerra” de fim de viagem, uma boa dica é ir no Mercado Central São Pedro, ele fica a alguns minutos da Plaza de Armas, e é um lugar interessante para se conhecer os costumes do povo local, alguns assustam mas faz parte do cotidiano deles. Tem de tudo, desde frutas, verduras, carnes até artesanatos e além de Almoços nas suas diversas barraquinhas. A impressão que dá é que você vai sair dali tendo a certeza que vai ter um “PIRIRI”, mas graças a deus não aconteceu nada. Almoçamos por incríveis S./6 o prato (arroz, salada, batata frita, frango e ovo frito). Muito barato mesmo, e a comida não era ruim não!Se hospedamos no Hostel The Green Shelter B&B, que fica bem perto da Plaza das Armas, cerca de 10 a 15 minutos, o único problema é a ladeira até chegar lá, mas encha bem os pulmões de ar e siga em frente. Tem um preço bom, pagamos para habitação matrimonial com banheiro cerca de S/ 66 a diária. Acomodaram nossas mochilas no dia que fomos ao Machu Picchu e tudo ocorreu bem.

foto_1211

Almoço do dia no Mercado Central. (Essas caras não enganam, haha)

Boleto Turístico de Cusco:  O boleto é o ticket de ingresso para 16 atrações turísticas na cidade de Cusco e aos arredores . Para comprar o boleto basta ir até  a Av, Sol, ele custa S./ 140, porém estudantes pagam S./70. ( usamos a carteirinha ISIC, para as demais não sabemos como é o aceite).Vamos dividir nossas aventuras por Cusco em duas postagens, nessa primeira vamos contar um pouco sobre a compra do boleto turístico e a visita das atrações contidas nele.

No verso do boleto há todas as indicações dos horários de abertura e fechamento de cada local.

6f7fd-11134195_979939228690736_1768433398_n

Boletos turísticos de Cusco

Fomos a uma agência para fechar os passeios ao boleto turístico, pois ficam mais distante do centro, apenas alguns ficam no arredores. Porém decidimos fazer o city tour a pé e de van e não contratar agência e apenas fechamos com a Agência para o passeio ao Vale Sagrado dos Incas, com quem também fechamos nosso pacote a Machu Picchu ( que contaremos no próximo post), a agência é Pumas Trek Peru e o valor ficou US$7 por pessoa para o Vale Sagrado dos Incas.

City Tour: Então pegamos um dia para fazer por conta própria o City tour para visitar visitar as ruínas incas que estão no entorno da cidade: Saqsayhuaman, Qenqo, Puka Pukkara e Tambomachay. Todas incluídas no boleto turístico.  Saímos cedinho do nosso hostel e fomos a pé até a Ruína de Saqsayhuaman e Qenqo, porém para ir até Puka Pukkara pegamos uma van que passam a todo momento nesses pontos e custa S./1 por pessoa. E até a ultima ruína Tambomachay fomos a pé pois é praticamente do lado. Para voltar ao centro, pegamos uma van que nos custou S./2 por pessoa.
Deste modo fica bem mais barato, para quem não tem problemas com caminhadas é uma ótima opção pois o trecho de deslocamento até o local e depois se caminha muito dentro da ruína também, o que deixa pesado( a altitude pra “ajudar” nessas horas também).

2c439-4

Sitio Arqueológico de Qenqo

d1ccd-4

Sitio Arqueológico de Tambomachay

ffe41-puka

Sitio Arqueológico de Puka Pukkara

b9eb4-3

Sitio Arqueológico de Saqsayhuaman

Vale Sagrado dos Incas: Se não tiver tempo muito tempo em Cusco, pelo menos esse faça. Vale muito a pena, e é de ficar impressionado com tamanha inteligência e habilidades dos Incas para construção desses lugares.  Esse passeio leva o dia todo, porque vai até vilarejos mais distantes. . Inclui Pisaq, Ollantaytambo e Chinchero, cujos  estão incluso no Boleto Turístico.

Cusco: City tour e Vale Sagrado dos Incas.

Sítio Arqueológico de Pisac

03cb4-kjbhbh

Pelos arredores do Sitio Arqueológico de Pisac

bd318-dscf514600000

Sitio Arqueológico de Ollantaytambo

Cusco: City tour e Vale Sagrado dos Incas.

Pelas ruínas de Ollantaytambo

487c0-dscf5248

Menina mostrando a coloração do tecido com produtos naturais na comunidade de Chincheiro.

5ccf1-dscf5267

Comunidade de Chincheiro

Uma dica é fazer todos esses passeios antes de ir ao Machu Picchu, pois depois muitas pessoas falam que acaba ficando sem muita graça!

 No próximo post tudo sobre o Machu Picchu, como fomos, quanto pagamos, onde ficamos!!!

Comentários no Facebook