Machu Picchu : uma aventura inesquecível em um dos destinos mais esperados!

lasamk

Entre grandes lugares que já visitamos, outro muito esperado foi Machu Picchu, um dos destinos mais procurados por mochileiros de todo mundo, e enfim chegamos até ele.

Machu Picchu  chamada também de ” cidade perdida dos incas” é um dos sítios arqueológico mais importantes do mundo. Esta localizado no topo de uma montanha a 2400 metros de altitude, a 112 km da cidade de Cusco.  Fica cercado por várias e enormes montanhas e foi construída entre os anos 1450 e 1540 mas foi abandonada pelo seus habitantes, por este motivo a cidade ficou encoberta por vegetação durante muito tempo, e em 1911 foi descoberta por um explorador norte- americano, sendo então considerada Patrimonio da Humanidade, e em 2007 entrou para lista das 7 maravilhas do mundo moderno. 
O parque ecológico de Machu Picchu abre das 6h as 17h, a entrada custa S/128 (S/64 para estudantes), isso sem inclusão da subida ao Huyana Picchu, a montanha que reina soberana em frente ao Machu Picchu.O valor que se paga a mais pela subida é de S/24, o que deve ser feito no momento de comprar o ingresso para o Machu Picchu Onde também devera escolher um horário de entrada: entre as 7h-8h ou 10h-11h, o segundo horário costuma ser melhor. Em Cusco você pode comprar seu ingresso na sede do Dircetur. No site www.machupicchu.gob.pe é possível consultar a quantidade de tickets disponíveis para o dia.
Escolhemos a forma mais economica de ir a Machu Picchu entre diversas opções. Entre as diversas opções como trem,trilha inca, trilha Salkantey,  escolhermos o caminho da Hidroelétrica, hoje conhecido por diversos mochileiros e é a forma mais econômica de chegar a Águas Calientes,
Então com a mesma empresa que compramos o pacote para o Vale Sagrado dos Incas, também compramos o transporte até Santa Tereza. Na agência Pumas Trek Peru fechamos pacote de transporte até Hidroelétrica através de uma van, mais duas hospedagens em Águas Calientes e ingresso do Machu Picchu + Huyana Picchu por US$220 para duas pessoas.
Na verdade tivemos que ficar dois dias a mais em Cusco por que queríamos por toda lei subir a Huyana Picchu e os ingressos esgotam muito rápido (considerando isso fora de temporada).
Deixamos nossos mochilões guardados no hostel, e saímos bem cedo de Cusco com destino a Hidroelética, percorrendo um caminho de 8 horas mais ou menos.O percurso é tranquilo até uma parte, mas depois começa estradas de chão, cheios de curvas e com abismo do lado, e os motoristas parecem não ter medo! Chegando você pode escolher ir caminhando pelo trilho do trem até Aguas Calientes ou tomar um trem, ( obvio que fomos caminhando para economizar também), o caminho dura cerca de 2 horas. Chegando em Águas Calientes, fomos até a praça da cidade onde o guia nos indicaria o hostel que ficaríamos na cidade, já esperávamos  algo não muito bom e acertamos, mas tudo bem! Ganhamos a janta do dia que chegamos, e após fomos pro hostel dormir pois no outro dia tínhamos caminho longo pela frente. Tem a opção de ir de ônibus até a entrada do Machu Picchu porém escolhemos fazer a subida (ingrime) a pé para economizar também. Saímos por volta as 4h da manha do hostel e fomos até a primeira entrada, onde começa a caminhada até a entrada mesmo do parque. Demoro cerca de 1 hora, e é muito cansativo, muito mesmo! Tem que ter pique para quem quer subir a pé, Chegando você recompõe suas energias e aguarda pelo guia para começar a vista. Com certeza é necessário um guia ( nosso guia já estava incluso), pois se não você se perde em meio a tanta coisa. As 8 horas tínhamos que ir até a entrada do Huyana Picchu para subi-la. É realmente incrível, MAS um recado muito importante, não tenha vertigens, muito menos medo! Porque são subidas inclinadíssimas com “meios” degraus as vezes nem isso, e um cabo de aço para se segurar. Mas quando chega lá em cima, a gente se perde nos suspiros com a visão mágica que se tem! Vale muito a pena, e indicamos comprar a subida! Por mais que tenhamos ido nessa horario mais cedo, esperamos um pouco e a serração já foi subindo, podendo então observar todo o Machu Picchu.
Como optamos por ficar duas noites em Águas Calientes para poder aproveitar mais o Machu Picchu, podiam os ficar a vontade o resto do dia caminhando por lá. ( ponto positivo de uma a noite a mais). Percorremos vários lugares lá, como a ponte inka que se percorre por uma caminhada leve beira a um penhasco, oferecendo uma vista fantástica do Rio Urubamba.  Tinha opção ainda de ir até o Templo do Sol e da Luna, mas não se aguentávamos mais em pé, depois do trajeto todo que andamos naquele dia, optamos por sentar um pouco e curtir a paisagem que nos cercava.
No meio da tarde começamos então a decida até Águas Calientes, e fomos para hostel descansar.No outro dia de manhã acordamos cedo para volta a Hidroelétrica onde a van novamente nos pegaria para ir de volta a Cusco. Quase na Hidroelétrica paramos para almoçar em um restaurante a beira do trilho do trem, pagamos S./23 por dois almoços e uma coca cola. Mas acho que o barato saiu caro pelo menos pra Kiara, que combinado com a volta naquelas estradas tortuosas resultou em um belo enjoo e um “passar mal inacreditável”. Nem dramin, nem plasil, NEM NADA resolveu! Podia tomar qualquer coisa em qualquer quantidade que nada resolveu, resumindo, até Cusco 8 horas passando mal!
Em Cusco permanecemos mais uma noite no hostel que já havíamos comentado no post anterior, e no outro dia partimos para Copacabana na Bolívia, pagamos S./160 para duas pessoas.
  • Caminho a partir da hidroelétrica até Águas Caliente pela linha do trem. 

O trem que nós não fomos

blog1

Bora que tem caminho pela frente até Águas Calientes

blog3

trilhos e mais trilhos

blog5

Ponte durante o caminho percorrendo o trilho do trem!

blog4

  • Machu Picchu

    Entrada principal para a cidade inca

    nini

DCIM137GOPRO

A Lhama não quis dar moral pra foto!

Machu Picchu : um dos destinos mais esperados!

Caminho para chegar a ponte Inca

blog4

Ponte Inca

Machu Picchu : um dos destinos mais esperados!

Ao fundo da foto ponte inca !

  • Huyana Picchu
blog2

Subidas escorregadias e e estreitas são as que levam a montnha Huyana Picchu

blog1

Machu Picchu visto a partir da montanha Huyana Picchu

dibdfuhb

Na montanha Huyana Picchu, ao fundo Machu Picchu!

Comentários no Facebook